Publicado em 19 de agosto de 2015 às 14:27

Entenda melhor a tabela nutricional das embalagens



A tabela nutricional presente nas embalagens dos alimentos e bebidas é uma aliada importante na hora de escolher o que comprar e o que comer. Preste atenção nas informações contidas nesta tabela para ter certeza que está fazendo a escolha correta.
O que significa cada item da tabela:
§ Porção: é uma referência da quantidade média do alimento que usualmente é consumido por vez.

§ Medida caseira: indica as medidas usualmente utilizadas em casa. Ex: fatias, unidades, xícaras, copos, colheres de sopa.

§ %VD: percentual de valores diários são as quantidades de referência dos nutrientes que devem ser consumidos durante o dia dentro de uma dieta de 2000 kcal.


CURTA O H1 NEWS NO FACEBOOK E SIGA NO TWITTER


§ Valor energético: expresso na forma de calorias (kcal) e quilojoules (kj). Representa a energia que o corpo irá obter com o consumo do alimento.

§ Carboidratos: os carboidratos são as principais fontes de energia, funcionando como combustível para as células, músculos e para o cérebro.


§ Proteínas: estão presentes, principalmente, em alimentos de origem animal como carne, leite e ovos. Elas são fundamentais para a formação de tecidos, músculos, órgão, unhas, cabelo, etc.

§ Gorduras: como os carboidratos, elas fornecem energia para o nosso organismo. Também ajudam no transporte das vitaminas A, D, E e K, fazem parte dos hormônios e estrutura das células.


§ Gorduras totais: referem-se à soma de todos os tipos de gorduras encontradas no alimento.

§ Gorduras saturadas: presentes principalmente em alimentos de origem animal. Seu consumo excessivo pode elevar o colesterol no sangue.


§ Gordura trans: presentes naturalmente em alguns alimentos como gordura de leite, manteiga e gordura da carne, além de estarem nos produtos industrializados. Seu consumo excessivo pode elevar o colesterol ruim (LDL) e reduzir o colesterol bom (HDL).

§ Fibras: são carboidratos que não são digeridos pelo nosso organismo. São importantes para o bom funcionamento do intestino, controle do colesterol e aumento da saciedade.


§ Sódio: é o principal componente do sal, mas também é encontrado em alimentos doces. Apesar de importante para o nosso organismo, o excesso de sódio eleva a pressão arterial e aumenta o risco de doenças do coração, como infarto e derrame.


Dica: Escolha o alimento com menor conteúdo de sódio, gordura saturada e trans e carboidratos simples, isto é, aqueles provenientes do açúcar, amido ou glicose. Além disso, prefira alimentos com maior quantidade de fibras.

Fonte: Meu Prato Saudável





Mural

Mais notícias »

Publicidade






Inicial | Policial | Política | Esporte | Revista | Mural | Contato


Todos os direitos reservados - H1 News