Publicado em 15 de setembro de 2015 às 14:05

Como prevenir a osteoporose?



A osteoporose é uma doença silenciosa, caracterizada pela perda da massa óssea e pela deterioração do tecido ósseo. A pior consequência da doença são as fraturas, pois os ossos tornam-se frágeis e quebradiços.
 
De acordo com a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, 10 milhões de brasileiros sofrem de osteoporose. Uma a cada quatro mulheres com mais de 50 anos desenvolve a doença. No Brasil, a cada ano ocorrem cerca de 2,4 milhões de fraturas decorrentes da osteoporose. E, cerca de 200 mil pessoas morrem todos os anos no país em decorrência destas fraturas.
 
O estrogênio, um hormônio tipicamente feminino, ajuda a manter o equilíbrio entre a perda e o ganho de massa óssea. Entretanto, com a menopausa, a quantidade de estrogênio diminui e por este motivo as mulheres são as mais atingidas neste período. De acordo com estatísticas, a osteoporose afeta quatro mulheres para cada homem.

 
CURTA O H1 NEWS NO FACEBOOK E SIGA NO TWITTER

 
Engana-se quem pensa que só deve consumir cálcio na fase adulta. Pelo contrário, o que garante uma massa óssea forte e saudável durante a vida é o consumo de cálcio na infância e na juventude. Estima-se que mais de 51% de massa óssea seja acumulada durante a puberdade nas mulheres. Estimular um adequado consumo de cálcio parece ser uma importante estratégia de prevenção em relação à osteoporose.
 
 
Abaixo tem outras dicas para prevenir a osteoporose:
§ A prática regular de exercícios físicos é um estímulo fundamental para a manutenção e para o aumento da massa óssea.
 
§ Exposição à luz solar de 15 a 20 minutos por dia. Cerca de 90% de vitamina D do organismo de uma pessoa é sintetizada na pele, através da energia dos raios solares ultravioleta. A vitamina D ajuda na fixação do cálcio no osso.
 
§ Consumir diariamente leite e derivados, pois são as melhores fontes de cálcio.
 
§ Se você não consome leite, invista em alimentos como ovos, vegetais verdes-escuros, gergelim, tofu, castanhas e nozes.
Os leites e derivados são as melhores fontes de cálcio para o organismo. Porém, é cada vez maior o número de crianças e jovens que trocam esses alimentos por bebidas açucaradas, como refrigerantes e sucos. Vale lembrar que o açúcar impede a fixação de cálcio na matriz óssea, elevando o risco de desenvolver a osteoporose no futuro.

 

Fonte: Meu Prato Saudável






Mural

Mais notícias »

Publicidade





Inicial | Policial | Política | Esporte | Revista | Mural | Contato


Todos os direitos reservados - H1 News