Publicado em 25 de setembro de 2015 às 16:07

Gordura trans é prejudicial para o seu coração



O consumo de gordura trans está relacionado com o aumento do LDL-c (colesterol ruim) no sangue e elevação do risco de doença cardiovascular. A restrição no consumo de alimentos ricos em gordura trans é considerada uma estratégia importante para o melhor controle da quantidade de colesterol no sangue e, consequentemente, para redução dos eventos cardíacos.
 
As gorduras trans estão presentes em diversos produtos industrializados com o objetivo de dar uma característica semissólida a sólida na consistência de óleos vegetais líquidos à temperatura ambiente. Os produtos mais frequentes são os biscoitos (incluindo de maizena e de polvilho), sorvetes cremosos e tortas. Podem ser encontrados também em diversos produtos de panificação, como pão francês, folhados, pão de batata e pão de queijo.
 
CURTA O H1 NEWS NO FACEBOOK E SIGA NO TWITTER

A recomendação para a população brasileira é restringir o consumo de gordura trans a 1% do valor energético diário, o que corresponde a aproximadamente 2 g/dia em uma dieta de 2 mil calorias, baseando-se em uma sugestão publicada pela Organização Mundial de Saúde de 1995.
 
O ideal é evitar o consumo de gorduras trans. Para tanto, é importante ler a lista de ingredientes. Pois mesmo que a tabela nutricional mostre que o produto contém 0% de gordura trans por porção, ele ainda pode conter este tipo de gordura, a qual consta na lista de ingredientes como óleo vegetal parcialmente hidrogenado.
 
Abaixo seguem algumas dicas para você evitar o consumo de gorduras trans:
 
§ Leia o rótulo e lista de ingredientes. Verifique a quantidade de gordura trans por porção e se há óleos parcialmente hidrogenados na lista de ingredientes.
 
§ Retome as receitas de família. No qual a comida é feita utilizando ingredientes naturais, pouco processados. Assim, você realmente vai saber o que está comendo.
 
§ Evite biscoitos, sorvetes, tortas e outros produtos que tenham gorduras e que são industrializados.
 
 
O novo Guia Alimentar para a População Brasileira é enfático ao recomendar o consumo de alimentos in natura para a proteção contra as doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), como a obesidade, o diabetes e a hipertensão. Fique atenta aos produtos que você coloca no seu carrinho de supermercado!



Fonte: Meu Prato Saudável





Mural

Mais notícias »

Publicidade





Inicial | Policial | Política | Esporte | Revista | Mural | Contato


Todos os direitos reservados - H1 News