Publicado em 10 de maio de 2016 às 15:59

Veja como preparar suas marmitas e economize com almoço fora de casa



Se você tem o hábito de almoçar fora de casa todos os dias, e quer economizar, uma das alternativas é levar marmita. Para orientar quem planeja preparar sua própria refeição, o programa "Meu Prato Saudável", desenvolvido pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP em parceria com a LatinMed Editora em Saúde, preparou dicas simples que vão ajudar você a organizar suas marmitas.


Como e o que cozinhar?
O programa sugere que a comida seja feita a cada três dias, sendo que as carnes ficam mais saborosas se preparadas no dia anterior. Assim que a refeição estiver pronta, o ideal é colocá-la direto no refrigerador para evitar que estrague. 


A versão frita de qualquer alimento acaba sendo uma opção prática, porém mais calórica e menos saudável.

CURTA O H1 NEWS NO FACEBOOK SIGA NO TWITTER



E a salada?
Muitas pessoas deixam de incluí-la na marmita para não misturar os alimentos frios e quentes. Porém, devemos comer esses alimentos todos os dias. Separe a comida quente da fria. Leve a salada à parte e tempere-a apenas na hora de comer para que as folhas não fiquem murchas nem junte água no recipiente.


Além disso, alimentos com molhos ou à base de ovos devem ser evitados, pois têm maior probabilidade de estragar e podem contaminar o resto da comida.


Quanto colocar na marmita?
Primeiro: Respeite a proporção de um prato. Seguir a orientação da metodologia do "Meu Prato Saudável" pode ser uma ótima dica:
- ½ prato de verduras e legumes (crus ou cozidos)
- ¼ de alimentos ricos em carboidratos (arroz, macarrão, batata, etc.)
- ¼ com proteína vegetal (feijão, grão-de-bico, lentilha, etc.) e proteína animal (carne, frango, peixe, ovo, etc.)
- 1 porção de fruta como sobremesa


Já que o recomendado é comer a cada 3 horas, além do almoço e do jantar, você pode carregar os lanches do dia em marmitas também: salada de frutas, iogurte, mix de castanhas, biscoitos integrais e bolos simples são algumas opções que podem complementar uma alimentação equilibrada.


Qual é o melhor recipiente?
- Vidro: é a melhor opção e pode ir ao micro-ondas
- Plástico: são os mais práticos, mas, para não correr riscos, coloque a comida em um
prato antes de esquentá-la no micro-ondas
- Alumínio: podem alterar o sabor da comida e não vão direto no micro-ondas. Esquente a comida em banho-maria ou coloque-a em um prato antes de levá-la ao micro-ondas.

 

Do Portal do Governo do Estado






Mural

Mais notícias »

Publicidade





Inicial | Policial | Política | Esporte | Revista | Mural | Contato


Todos os direitos reservados - H1 News